CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Hola!


segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

DEZEMBRO




Foi No Mês de Dezembro



Ursos dançam no ar

Coisas de que me lembro
E a canção de alguém
Foi no mês de dezembro

Muito tempo passou

E o fulgor da lareira
Na memória ficou
Disso eu sempre me lembro

E a canção de alguém

Foi no mês de dezembro


terça-feira, 26 de novembro de 2019

25 de Novembro - DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA




"EM BRIGA DE MARIDO E MULHER, NINGUÉM METE A COLHER"


Ah! Desgraçados!
Um irmão é maltratado e vocês olham para o outro lado?
Grita de dor o ferido e vocês ficam calados?
A violência faz a ronda e escolhe a vítima,
e vocês dizem: "a mim ela está poupando, vamos fingir que não estamos olhando".
Mas que cidade?
Que espécie de gente é essa?
Quando campeia em uma cidade a injustiça,
é necessário que alguém se levante.
Não havendo quem se levante,
é preferível que em um grande incêndio,
toda cidade desapareça,
antes que a noite desça.


Bertolt Brecht!

25 de novembro




DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Comportamentos usados em um relacionamento que visam proteger, amparar, cuidar nada mais são do que violência doméstica (física ou psicológica) e abarca comportamentos utilizados num relacionamento, por uma das partes, sobretudo para controlar a outra. As vítimas podem ser ricas ou pobres, de qualquer idade, sexo, religião, cultura, grupo étnico, orientação sexual, formação ou estado civil.
Violência física: Também denominada sevícia física, maus-tratos físicos ou abuso físico. São atos violentos, nos quais se fez uso da força física de forma intencional, não-acidental, com o objectivo de ferir, lesar, provocar dor e sofrimento ou destruir a pessoa, deixando, ou não, marcas evidentes no seu corpo. Ela pode se manifestar de várias formas, como tapas, beliscões, chutes, torções, empurrões, arremesso de objectos...
Violência psicológica: ela vem mascarada pelo ciúmes, controle, humilhações, ironias e ofensas tais como: ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição contumaz, insulto, chantagem, ridicularização, exploração e limitação do direito de ir e vir
Exemplos: Quer determinar o jeito como ela se veste, pensa, come ou se expressa. Critica qualquer coisa que ela faça; tudo passa a ser ruim ou errado. Desqualifica as relações afectivas dela: ou seja, amigos ou família "não prestam". A xinga de "vadia", "imprestável", "retardada", "vagabunda"... A expõe a situações humilhantes em público. Critica o corpo dela de forma ofensiva, inclusive o que é biológico. e considera como uma "brincadeira".



banner - saudando o sol da manhã